Autor
Tópico: Polimento em Aço Escovado!!  
BCRodrigues
Usuário Nivel 3

Postagens: 193
Registro: 28/10/2005
Local: Natal - RN - Brasil
Idade: 36 anos
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 21/12/2006 22:26:00  

Pessoal...Como poderei efetuar um polimento (quais materiais, ferramentas, lixas, flanelas, etc) numa caixa de relógio em AÇO ESCOVADO (semi brilho) sem que o mesmo fique brilhoso demais e perca a originalidade!!! desde já!!agradeço a todos às dicas...e um Feliz Natal e um Ano Novo Repleto de Realizações a toda essa comunidade!!! Abraços BC

   
Adriano
Usuário Nivel 5

Postagens: 9881
Registro: 13/8/2003
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 26 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino  Aniversário em 9/5
 Postado em 22/12/2006 07:41:00  

Fazer polimento escovado com politriz é difícil e arriscado, pois é bem abrasivo e corre-se fácil o risco de deformar a superfície, se não tiver boa experiência. Por isso recomendo que seja feito manualmente usando aquelas esponjas abrasivas da Scotch-Brite verde, para limpeza pesada (cozinha industrial, etc.). Não é fácil de se encontrar em supermercado comum, vai achar ela em casa especializada em material de limpeza ou material de construção. A Norton (que fabrica lixas) também produz a mesma esponja, de cor marrom; essa você vai encontrar em loja de material de construção.

É a melhor solução, o acabamento é excelente, é seguro de se usar pois a quantidade de material que ela retira é insignificante, não se corre o risco de deformar nada, nem de adoçar arestas. Porém requer certa prática para usar também, pois é difícil usá-la em áreas bem pequenas, fazendo margem com áreas polidas. A solução é isolar bem com fita crepe ou durex resistente as áreas polidas ou escovar tudo e depois polir as áreas polidas. Foi como fiz no fundo do meu Speedy. Escovei ele todo e depois poli a parte brilhante, foi mais fácil do que isolar.
É preciso pegar a mãnha também para que os riscos do escovado fiquem bem paralelos, e aí só com a prática mesmo.

A esponja é muito útil para restaurar partes escovadas que sofreram riscos.

Abraços!

Adriano


Once is an accident. Twice is coincidence. Three times is an enemy action.
   
Alberto Ferreira
Usuário Nivel 5

Postagens: 6636
Registro: 21/2/2003
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 62 anos
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Usuário sem Página  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 22/12/2006 10:09:00  

Salve!

Eu já usei o método descrito pelo Adriano, com muito sucesso.
Em determinados casos, eu uso também uma lixa bem fina (400 ou mais...) colada em um "palito" (tipo para picolé caseiro) de madeira.
Paciência e pratica são essenciais.

Mas para não correr riscos (literalmente! ) eu comecei com aquelas plaquetas de pulseira e alguns fundos (foscos) e só depois eu me atrevi a fazer o serviço em caixas.

Como o Adriano ressaltou, observem bem o sentido das (micro) estrias do "fosqueamento" original.

E muito cuidado com as caixas onde o aparente fosqueamento na verdade é uma usinagem muito fina.
A caixa do Seiko 6139 7000 (aquele crono que a turma chama de "tonelzinho" ou "capacete") é assim.
Se passarmos a unha, sentimos a textura da tal usinagem. É muito fina, mas é uma usinagem.

Abraços!

Alberto Ferreira
   
BCRodrigues
Usuário Nivel 3

Postagens: 193
Registro: 28/10/2005
Local: Natal - RN - Brasil
Idade: 36 anos
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 22/12/2006 10:51:00  

Obrigado pelas respostas, Adriano e Alberto!!! experiencia é tudo!!! vivendo e aprendendo cada vez mais nesse forum!!! valeu!!! BC

   
BCRodrigues
Usuário Nivel 3

Postagens: 193
Registro: 28/10/2005
Local: Natal - RN - Brasil
Idade: 36 anos
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 22/12/2006 11:00:00  

Pessoal, a parte que quero tirar arranhão é no BESEL, tem como isolar bem o vidro de safira, (tipo com papel contato) ?? Essas buchas ou lixas arranham a safira??? Tenho que lixar ou passar essa bucha em toda a extensão do BESEL , seguindo suas linhas, para manter a uniformidade??? abraços a todos..BC

   
Adriano
Usuário Nivel 5

Postagens: 9881
Registro: 13/8/2003
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 26 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino  Aniversário em 9/5
 Postado em 22/12/2006 11:22:00  

O certo, certo mesmo, é desmontar a caixa. Se fôr complicado, isole bem o vidro pois pode riscar. O palitinho com lixa que o Alberto falou é realmente bastante eficiente, mas eu nem citei pois abandonei esse método: o resultado é o mesmo da esponja, mas é mais difícil de controlar o palitinho para que as estrias fiquem paralelas. Mas pode usar o método que se sentir mais confortável.

Se o acabamento fôr circular, é difícil fazer ele por partes: é melhor rodar toda a peça de uma vez. Exemplo: o fundo do meu Speedy, para ficar um circular perfeito, eu apoiei ele naquela parte "gordinha" da base do dedão de uma mão, e com a outra apoiei a esponja, girando tudo. No caso desse seu bezel, caso seja assim também (como por exemplo um bezel de um Speedy Replika), só ficará bom se desmontar o bezel. Mas cuidado, pois alguns "bezeis" (?), especialmente os fixos, como dos Speedy Pro, são cheios dos truques para se montar eles.


Abraços!

Adriano


Once is an accident. Twice is coincidence. Three times is an enemy action.
   
Alberto Ferreira
Usuário Nivel 5

Postagens: 6636
Registro: 21/2/2003
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 62 anos
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Usuário sem Página  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 22/12/2006 11:29:00  

BC,
Proteja a safira.
Ela, em si, possivelmente não seria arranhada pela tal "bucha" mas o provável acabamento anti-reflexo que pode existir aplicado em sua superfície, sim.

O certo é trabalhar só na caixa, devidamente desmontada.
Se não o fizer, não arrisque, cole algum tipo de proteção ("contact", fita crepe, etc...), sim.

Ah!
Eu também "evoluí" para a "esponja"!
O método "pauzinho" eu só aplico em áreas muito restritas. Concordo com o Adriano, dá muita "mão de obra"!

Um abraço!

Alberto Ferreira
   
BCRodrigues
Usuário Nivel 3

Postagens: 193
Registro: 28/10/2005
Local: Natal - RN - Brasil
Idade: 36 anos
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 22/12/2006 12:02:00  

Obrigado novamente, o besel tem caracteristica semi fosca igual a da caixa do seiko 6139-7000 vou fazer uma experiência numa caixa (de um reloginho + baratinho..rsrssr) treinar e só depois isolar bem o besel com fitas e papel contato pra depois ir "mãos a obra" !!! obrigado novamente..abraços BC

   
Lobo
Usuário Nivel 5

Postagens: 3285
Registro: 19/8/2005
Local: Campinas - SP - Brasil
Idade: 45 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Usuário sem Página  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 28/12/2006 23:04:00  

O escovado circular das tampas trazeiras faço da seguinte maneira. Retiro do relógio e usando pedaços de fita dupla face grossa ( tantos qto necessários ) grudo-a bem centrada na escova da politriz com a face externa voltada para fora ( é claro né? ) e depois com uma lixa fina colada numa superfíe plana chego na peça enquanto gira. Fica "de fábrica"! Mas cuidado para não exagerar e acabar com incrições contidas na tampa. E mantenha-se atento para que a peça não saia "voando". Procure manter uma das mãos em concha próxima a ela enquanto realiza a operação.
[]s, Lobo.

   
Estevam
Usuário Nivel 1

Postagens: 41
Registro: 1/2/2006
Local: Natal - RN - Brasil
Idade: 26 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 6/1/2007 12:23:00  

OBS. Quanto mais baixa a lixa abrasiva for mais ela comera o metal (eu particularmente começo o primeiro estágio do polimento com a 320 para arranhões mais profundos , se os arranhões forem intermédiarios pode começar com à 400 e o acabamento final com à 600 ou com a 1200; cuidados no polimento: 1) quando vc for polir um relógio certifique que a abutuadura esteja desmontada de modo que se veja as duas extremidades da pulseira, já vi pessoas que quasse perderão à cabeça por que a pulseira fechada do relógio enrroscou na broca da politriz lançando-o para frente 2) E prefirivél que se desmonte o relógio, como vidro e junta do vidro, Benzel, Corora, Botões etc, vc terá um acesso melhor para polir sem se preocupar com as peças. 3) Se o relógio tiver aro pintado como alguns Relógios Swatch, vc colará uma fita autocolante ao seu redor e com o rolo de bucha polirá, pois não correra perigo de descascar a tinta do aro, uso aquela fita de isolar fio, o durex eu nunca usei 4) Cuidado com o cano da caixa do relógio, pois se desgastar muito ele com a lixa abrasiva ele perderá a impermeabilização, coloque a ponta de um palito ou de dente ou de churrasco no cano para extende-lo, assim a lixa abrassiva comera o palito e não o cano. 5) O polimento esquenta muito a caixa do relógio e caso o mecanismo do relógio esteja dentro da caixa pode se ter o risco de dar problema pois o movimento não foi feito para ser esposto a altas temperaturas.

O melhor para se criar prática no polimento e começar com as velhas sucatinhas de relógio, o mecanismo para prática mecânica e a caixa e pulseira para prática de polimento.

O polimento fosco é mais avançado e exige muita prática do polidor pois exige água e outras técnicas, mais para quem estar començando o mais indicado e com a esponja Scotch Brite como os amigos mencionaram antes.

abraços a todos Estevam Relojoeiro.

   
 

2 ]