Autor
Tópico: Me dei bem!!!  
Lobo
Usuário Nivel 5

Postagens: 3285
Registro: 19/8/2005
Local: Campinas - SP - Brasil
Idade: 45 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Usuário sem Página  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 22/11/2006 20:53:00  

Na mesma linha do "Entrei numa furada", todo colecionador (imagino ) deve ter pelo menos uma história p/ contar do tipo:" -me dei bem!!!" Uma das que aconteceu comigo foi aí por volta de 1985/6.
Servindo-me do Jornal Balcão ( o de sempre ), classificados no Rio de Janeiro, encontrei o seguinte anúncio: Rolex social novinho. Tel xxx xxxx, D. Beltrana. Pois bem. Era um sábado de manhã e liguei para a D. Beltrana. Me atendeu gentilmente e disse que poderia ver o relógio à Rua Otaviano Hudson em Copacabana e o meu apartamento no Rio está na Rua Assis Brasil, ao lado. Contornei a quadra e em minutos já estava de dedo na campainha. Prédio luxuoso, apartamento impecável, sala gigante, senhora muito distinta ( tipo uns 60 anos ), decoração atual e etc. Convidou-me p/ sentar, ofereceu água e cafezinho, perguntou do meu interesse por relógios e enquanto foi buscar a peça pensei: "- aí vem ferro! Nada aquí indica que esta senhora necesssite de dinheiro e parece uma pessoa bem informada. Vai ser daqueles cujo preço dá p/ comprar dois ou três na mão de um comerciante."
Que nada. A D. Beltrana voltou com um Datejust 1601 ( aro ouro branco ) IMPECÁVEL na mão. Pulseira Oyster, mostrador prata, micro uso mesmo e me disse que queria pelo relógio uma importância que me lembro não dava cincoenta dólares!!! Fiquei de cabelo em pé e perguntei se tinha certeza. Ela então me disse que se eu estivesse achando caro que fizesse oferta. Daí já meio cismado resolví perguntar de quem era o relógio, o porque da venda e o porque do preço.
Então meio constrangida ela me disse mais ou menos o seguinte:" - durante uns 15 anos tive um romance com um senhor casado que é comandante da Cia de navegação XPTO e por todo esse tempo ele me disse que qdo os filhos estivessem maiores e fora de casa iria se divorciar e casar comigo. Mas descobrí que ele nunca teve filhos e então mandei um telegrama rompendo e dizendo que tudo dele que aquí estava seria atirado ao lixo. As roupas e vários objetos pessoais doei p/ um bazar. O relógio vendo por qqr dinheiro e na garagem há uma bicicleta de corrida americana que na saída vc pode levar de brinde."
A bicicleta ficou lá mesmo, mas o relógio...
[]s, Lobo.
Ps. O próximo!!!
Ps2. Tenho outra muito boa, mas só conto depois que alguém contar uma tbm.

   
Enéias
Usuário Nivel 5

Postagens: 3826
Registro: 22/2/2003
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 44 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  MSN Messenger  Sexo Masculino
 Postado em 22/11/2006 21:53:00  

Lá vai a minha:

O nosso conhecido amigo Pato Preto anunciou um relógio no ML, numa época em que o Arremate era o bam-bam-bam. O valor que ele pedia era ótimo (um Tudor Submarino, sem uso com box e manuais e ainda na garantia). O valor inicial era para chamar a atenção da clientela. Como o ML era pouco conhecido ninguém visitava o leilão nem mesmo dava lance.

Quando faltavam poucas horas para o encerramento do leilão um "inimigo" dele deu lance no relógio e iria levar o dito por um preço de 50% do real. Eis que o nosso amigo Zeca me liga do Rio e me pede um favor: cobrir o lance e ele encerraria o leilão em seguida, para evitar que aquela pessoa o vencesse. Fiz o favor e tudo correu como ele (Pato Preto) queria.

No dia seguinte eu recebi um sedex e nele o Tudor. Enviei um e-mail para o Zeca e disse que não teria condições de comprar aquele relógio no momento. E que ele não precisava se preocupar com o lance, pois era para evitar um desconforto com uma pessoa...

Sabem o que ele fez? Manteve aquele preço baixíssimo do leilão e me disse que poderia pagar da forma que pudesse e quando pudesse. Paguei em várias e longas parcelas.

Grande Zeca! Para fugir de um lance de um desafeto me deixou na coleção um dos meus relógios mais belos.



Abraços!
Enéias


Pensamento: "mais vale um homem, todavia nunca, do que às vezes, sem comparação, talvez".
   
Michelim
Usuário Nivel 4

Postagens: 698
Registro: 16/8/2005
Local: Sao Jose dos Campos - SP - Brasil
Idade: 23 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 22/11/2006 22:24:00  

Só desenterrando história do fundo do Baú!
Parabéns aos dois pelas aquisições!

A minha é bem mais modesta mas tem seu valor,
Tinha dado um lance num orient KD de 15 reais, um dia antes do encerramento do leilão, porém no dia de encerramento onde geralmente os preços sobem, o ML entrou com prblemas e não tinha como dar lance em nada. No fim acabei ficando com um Orient KD que uso até hj por apenas 21 reais (15 + 6 do frete)!
Agora lobo, conta a outra história, se aproveitou de outra velhinha indefesa??? hehehehe, nessa área do colecionismo é muito gostoso quando acontece uma história dessas conosco...
Mich

_______________________________________
http://www.doutorbarato.com.br/
Novas Ofertas!
   
Lobo
Usuário Nivel 5

Postagens: 3285
Registro: 19/8/2005
Local: Campinas - SP - Brasil
Idade: 45 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Usuário sem Página  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 22/11/2006 22:32:00  

Bem..., então aquí vai outra.
Em 1981/82 eu estava trabalhando como representante comercial de alguma empresas junto à Marinha, Exército, Aeronáutica e PM's. Basicamente participava de licitações oferecendo produtos tais como: uniformes, coturnos, material de campanha, capacetes, escudos, talabartes e etc e procurava sempre novas representações. Um dia um intendente de uma destas corporações policiais veio me perguntar se eu conhecia algum fornecedor nacional de lubrificantes especiais para armamento. Tinha necessidade de alguma quantidade, que na verdade era bem pequena e então saí em campo para agradar o cliente. Meu pai, que era médico, havia desmanchado um laboratório de análises clínicas na Rua do Rosário ( Rio ) e tínha-mos lá em casa três microscópios dos anos 50 ( dois Leitz Wetzlar e um Ikon Zeiss ). Descobrí um fornecedor no Rio e fui lá ver se obtinha os tais lubrificantes ( na verdade eram dois tipos de graxa ). Fui recebido por um senhor muito simpático ( não era velhinha não ) que doou uns 2,5 Kg das "melecas" para a corporação e fez questão de me mostrar as intalações da empresa e o novo laboratório. Imediatamente me lembrei dos microscópios ( que não valiam nem uns cem dólares cada de tão ultrapassados ) e ele se mostrou interessado. Então fomos até a minha casa p/ que ele visse e examinasse a "mercadoria". No caminho resolví não falar em preço e ver no que ia dar. Lá chegando ele logo escolheu um que lhe pareceu mais interessante e disparou:" -notei que vc está de Rolex! Gosta de Rolex?" Depois de dizer que sim ele me perguntou se estava disposto a fazer um rôlo. Então fiz um pouco de charminho, "dei linha para o peixe não fugir" e dalí retornamos à empresa para examinar um relógio que ele mesmo nem sabia especificar o modelo, que segundo disse estava quebrado e teria sido adquirido na feira da Pça XV alguns anos antes. Qdo lá chegamos quase caí de costas. De uma gaveta cheia de quinquilharias emergiu um Daytona Valjoux , ref.6263/0, 1972, com mostrador negro e contadores em branco, escala em perspex e pulseira Jubileu americana. O relógio estava near mint, mas a corda visivelmente quebrada no início.
Foi assim que "ganhei" aquele que viria a ser o meu primeiro Daytona.
[]s, Lobo.
Ps. O próximo!!!

   
jeans
Usuário Nivel 5

Postagens: 2942
Registro: 12/10/2005
Local: Brasília - DF - Brasil
Idade: 33 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  MSN Messenger  Sexo Masculino
 Postado em 22/11/2006 23:23:00  

Lobo,
Parabéns pelo tópico está ótimo!(aliás os dois)

   
Amadeu
Usuário Nivel 4

Postagens: 828
Registro: 21/1/2006
Local: PIRASSUNUNGA - SP - Brasil
Idade: 43 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 23/11/2006 10:57:00  

certa feita fui a leme, cidade vizinha aqui de pirassununga. numa relojoaria perguntei se havia relogio antigo que o dono gostaria de vender. a resposta foi de que todos os que tinha havia vendido. mas tinha ficado um antigo muito bonito, mas que ele queria 5 reais pelo relogio.
fui ver era um relogio com uns 38 mm, mostrador marron militar e estava, obviamente parado.
olhei a marca, e como estava no começo da coleçao, achei que tinha ateh pago caro.
depois estudando o caso, descobri que era um Ulysse Nardin corda manual, que segundo informaçoes da fabrica, havia sido feito em outubro de 1941.
acho que foi um bom negocio nao?

   
Michelim
Usuário Nivel 4

Postagens: 698
Registro: 16/8/2005
Local: Sao Jose dos Campos - SP - Brasil
Idade: 23 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 23/11/2006 11:41:00  

Só galinha morta!!! hheheheh gostei do tópico

_______________________________________
http://www.doutorbarato.com.br/
Novas Ofertas!
   
Malima
Usuário Nivel 3

Postagens: 435
Registro: 30/3/2006
Local: campinas - SP - Brasil
Idade: 42 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 23/11/2006 12:36:00  

Lobo, ainda não tenho nenhuma história para contar ... é uma pena !!!

Mas parabéns pelos dois tópicos ... bem bolados !!

Agora no seu segundo relato não era uma velhinha mas sim um "velhinho simpático" !!!

Abraços !!

-----------------------
Marcos Lima

   
GUIMARÃES
Usuário Nivel 3

Postagens: 168
Registro: 8/10/2003
Local: Franca - SP - Brasil
Idade: 43 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 23/11/2006 15:40:00  

Lobo meus parabéns pela feliz idéia de criar este espaço para contarmos nossas pérolas.

Eu sou um sujeito que presto atenção em tudo que falam perto de mim, há um ano mais ou menos, entrei numa loja onde sempre compro um galão de agua mineral, o dono da loja é um sujeito que tem na mesa um monte de tranqueiras, de moedas até amuletos. Pois bem eu estava de saida quando ele começou a contar uma história de uma vitrola antiga que tinha comprado, foi quando voltei e entrei na conversa. Resumindo, quando falei que tinha uns relóginhos de bolso bem antigos, ele ficou doido para ve-los, e de quebra me disse que tinha um relógio de pulso antigo guardado dentro de uma lata de moedas e que levaria pra mim ver.
No outro dia la apareci com relógios nos quatro bolsos, e comecei a mostrar uns Roskopf Patent daqueles que tem no ML por R$ 150,00. Foi quando ele abriu uma gaveta e tirou um Longines Diver 1962 calibre L290 com besel interno movel, e catalogado no site da longines, o relógio estava novinho e meu coração disparou.
Não deu outra, mandei ele escolher um Roskopf Patent e la se foi o Longines para minha coleção.

Pra mim esta foi a melhor história de achados que me aconteceu.

Abraços,

Guimarães.


   
Lobo
Usuário Nivel 5

Postagens: 3285
Registro: 19/8/2005
Local: Campinas - SP - Brasil
Idade: 45 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Usuário sem Página  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 23/11/2006 17:38:00  

Obridado Malima, parabéns Guimarães, mas Amadeo EU SEI que Vc tem umas história beeem mais "me dei bem que esta aí acima". Conta aí aquela do Rolex GMT! Conta vai.
[]s, Lobo.

   
 

2 ] 3 ] 4 ]