Autor
Tópico: Dicas e truques  
d4lanha
Usuário Nivel 3

Postagens: 297
Registro: 25/11/2005
Local: Porto Alegre - RS - Brasil
Idade: 22 anos
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 11/5/2006 21:37:00  

Estou aqui para pedir dicas, tentei fotografar os meus relógios esse fim de semana, mas foi um desastre, gostaria de algumas dicas, principalmente referente à iluminação.
Tive muita dificuldade para fotografar o mostrador sem refletir a câmera no vidro e até na caixa do relógio, por favor, alguém sabe um truque para minimizar esse problema?
Tentei usar uma folha de oficio branca e fotografar os relógios encima dela, a idéia não foi muito boa não, depois tentei encima de um balcão de madeira, foi um pouco melhor, depois tentei sobre alguns tecidos, primeiro de cor clara, depois de cor escura, alguém tem alguma sugestão?
Qualquer dica e truque será muito bem vinda, agradeço a todos.

Valeu

   
broker
Usuário Nivel 3

Postagens: 481
Registro: 25/1/2006
Local: Sampa - SP - Brasil
Idade: 31 anos
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 12/5/2006 04:35:00  

Dê uma olhada neste tópico anterior:

Link

E dê uma olhada nesta outra página:

Link

_____________________________________________
Minha opnião... mas não me leve a sério, eu não te levo...
   
moco
Usuário Nivel 3

Postagens: 273
Registro: 28/12/2004
Local: SP - SP - Brasil
Idade: 47 anos
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 12/5/2006 05:43:00  

d4 primeiramente vc tem de ter um boa câmera, pois eu tenho uma sony dsc 4.1 e tambem nao estou conseguindo sucesso, pois a câmera não tem muito recurso. estou tentando usar uma lente de aumento pra ver se consigo fotos mais nítidas. eu acho que se a câmera não tem muito recurso o ideal é utilizar luz natural e achar a posição melhor para as fotos. vou tambem ver os links acima pra ver se tiro algum proveito.

   
TOSH
Usuário Nivel 3

Postagens: 242
Registro: 14/7/2005
Local: - SP - Brasil
Idade: 35 anos
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 12/5/2006 08:13:00  

Caro Rodrigo,

Para se tirar uma boa foto ( amadora ) você precisa de muita, mais muita paciência, dedicação, criatividade e uma boa câmera ( boa câmera é aquela que atende aos objetivos do fotógrafo ) e que possua a função MACRO ( são fotos de aproximação e detalhes, sem essa função se você aproximar muito do objeto ela ficará distorcida ) um TRIPÉ e uma boa iluminação ( eu prefiro a iluminação natural ). E na questão fundo, use fundos de preferência sem muitos detalhes para não tirar o foco principal em questão ( que é o relógio ). A outra dica é que relógios com fundo escuro são mais difíceis de fotografar, então se você tirar uma foto de frete, o relógio vira um espelho e reflete a imagem da câmera. Então o melhor é tirar várias fotos de vários ângulos ( sem dó ) e depois escolha a que ficou melhor.

Espero ter ajudado um pouco !!!



Abraços !!!

UGO TOSH.


   
Cardozo_II
Usuário Nivel 3

Postagens: 347
Registro: 26/10/2005
Local: Rio de Janeiro - RJ - Brasil
Idade: 34 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 12/5/2006 09:35:00  

Hugo,

é isto mesmo!

Na fotografia, a experimentação é tudo. Muda-se a velocidade do filme, do obturador, abertura do diafragma e a posição do fotógrafo e do assunto a ser fotografado.

Se na fotografia tradicional com filme já era assim, na digital as possibilidades aumentaram muito mais. Ah! E antes que me esqueça: Lembre-se sempre que na fotografia a luz é tudo.

Outra coisa: Não se preocupe com o tamanho dos "mega-pixels" de sua câmera, bastando apenas que possua a função macro, como bem disse o amigo Hugo. A minha máquina é uma Sony P-51, de 2.0 megapixels, comprada no final do ano 2000. Ela é bem ultrapassada e tem o tamanho de um pequeno tijolo, mas capaz de excelentes fotos, como as abaixo demonstradas:



ou



Resumo do história: Faça muitas experimentações e muitas fotos. Normalmente, no final, sobram apenas uma ou duas boas o suficiente para serem aproveitadas.

Um abraço,

Peter

   
d4lanha
Usuário Nivel 3

Postagens: 297
Registro: 25/11/2005
Local: Porto Alegre - RS - Brasil
Idade: 22 anos
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 12/5/2006 11:26:00  

Um tripé ajuda muito Tosh?
Não tenho um, vou ter que comprar então.
Você falou em uma boa iluminação, mas como fazer uma boa iluminação?
Ou é só a luz natural?
Eu tentei vários ângulos, mas o reflexo da própria câmera ou da luz sempre reflete, ou no mostrador ou na caixa, é só por tentativas que é possível retirar isso?

Valeu


   
Cardozo_II
Usuário Nivel 3

Postagens: 347
Registro: 26/10/2005
Local: Rio de Janeiro - RJ - Brasil
Idade: 34 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 12/5/2006 12:20:00  

D4lanha,

o tripé não é fundamental. Eu não uso, até porque não o tenho...

Sobre a iluminação, tente usar a luz natural. Ou até mesmo a luz natural e um flash de pouca potência, chamado de flash de preenchimento (ou luz de preenchimento).

Quanto aos reflexos, você vai ter que variar a posição do relógio em relação à luz natural. É puro empirismo.

Depois de umas 20 ou 30 fotos, alguma deve se salvar, né?

Um abraço,

Peter

   
Lobo
Usuário Nivel 5

Postagens: 3298
Registro: 19/8/2005
Local: Campinas - SP - Brasil
Idade: 45 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Usuário sem Página  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 12/5/2006 14:01:00  

Lanha, embora com digital eu seja desajeitado, na fotografia que tem como suporte a película transito bem. Há princípios ligados à iluminação que são comuns à ambas e se não observados o resultado é péssimo. Em duas passagens vc errou.
1a. Se a luz do flash está exacerbando os reflexos isso quer dizer que será necessária uma fonte de luz natural. O equipamento, então, e automaticamente, só fornecerá o suficiente para complementar a condição de iluminanto ideal. Porém, e aí vem a 2a. regra não observada;
2a. O equipamento é burro e não sabe que branco é uma cor e "pensa"que está diante de muita luz, assim como não sabe que uma madeira muito escura é marrom e "pensa" que está diante de pouca luz! Na verdade o equipamente desconhe a existência das cores para efeito de exposição e, neste sentido, ele trabalha com a capacidade de reflexão das cores, e segundo a respectiva gradação tonal. E dai? E daí que a célula fotométrica vai se comportar de acordo com o que o equipamento "pensa" ser a realidade. Resulta então em fotos com insuficiência de luz ( escuras ) ou excesso dela ( muito claras ), com possível reflexos fortíssimos sobre as superfícies brilhantes. Porque isso não acontece ( normalmante ) com as fotos de ambientes macro? Porque os ambientes macro têm luz difusa e são multicoloridos e o fotômetro da máquina está regulado para esta condição média! Tal condição média pode ser representada por uma cartolina cinza.
Então como vc não saberá trabalhar com um sistema de zonas ( que é muito complicado e envolve laboratório ), como vc não terá ( suponho ) um rebatedor de flash, nem um fotômetro, nem um equipamento que lhe possibilite trabalhar combinando abertura de diafragma com velocidade de exposição, sua melhor alternativa é:
a. Eleja um fundo cinza ou azul médio,
b. sirva-se de luz natural, e
c. cuide para que esta luz natural provenha de várias fontes ( céu aberto é o melhor ).
Vai mudar muuuito o resultado!
[]s, Lobo.

   
Cardozo_II
Usuário Nivel 3

Postagens: 347
Registro: 26/10/2005
Local: Rio de Janeiro - RJ - Brasil
Idade: 34 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 12/5/2006 14:26:00  

Lobo,

já que você também gosta de fotografia, gostaria apenas de comentar um pequeno erro na sua explanação: Na verdade, a cor branca é a soma de todas as cores, enquanto que o preto é a ausência de qualquer cor, absorvendo a luz e não permitindo a sua reflexão.

Aproveito também para comentar um detalhe de ótica: Tudo o que vemos (e fotografamos) é na verdade o reflexo da luz em determinado objeto. O vermelho só é vermelho por conta do reflexo no objeto hipotético, alterando o comprimento de onda original (luz branca no flash ou amarela do sol), permitindo que enxerguemos a cor vermelha. Tanto que não é possível ver no escuro, já que não há luz sendo refletida em qualquer objeto.

Voltando às fotos, se for uma máquina digital, basta ir tirando as fotos procurando variar a posição do objeto em relação a luz, usando ou não a luz de preenchimento, etc. Depois é só ir para o computador e tentar entender o que cada mudança influiu no resultado final.

Um abraço,

Peter

   
Alexadre Guerra
Usuário Nivel 3

Postagens: 454
Registro: 21/10/2004
Local: Rio de Janeiro - RJ - Brasil
Idade: 39 anos
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 12/5/2006 16:52:00  

Olá amigos.

Conforme outros colegas abordaram anteriormente. Com pequenos procedimentos pode-se conseguir fotos bem razoáveis de relógios. Aí vão:

1. Luz natural é fundamental principalmente para não profissionais, como eu que possuem apenas uma máquina digital razoável.

2. Desligar o flash.

3. Ligar a função Macro. Acredito que a maioria das máquinas digitais das marcas tradicionais (Canon, Nikon, Kodak, Sony) possua esta função. Sem utilizar esta função as imagens de muito perto ficam distorcidas.

4. Procurar utilizar um fundo branco ou preto pode ajudar. Por exemplo, eu uso sempre um lençol branco.

5. Um tripé pode ser bastante útil, no entanto eu não uso.

Veja, nesta foto uso exatamente estes procedimentos.



abraços



Alexandre Guerra
   
 

2 ]