Autor
Tópico: Precisão dos Mecânicos  
broker
Usuário Nivel 3

Postagens: 481
Registro: 25/1/2006
Local: Sampa - SP - Brasil
Idade: 31 anos
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 26/2/2006 21:40:00  

Como funciona a precisão de um relógio mecânico?
Existe uma forma de ajustá-los ou depende apenas da montagem correta?
Quantos segundos por dia ele pode variar para ser considerado ajustado?
O ajuste, se possível pode ser feito através da coroa ou deve-se abrir a caixa?
Qual o padrão COSC?
Quanto tempo de uso um relógio novo deve ter de "burn in" até se pensar em ajustá-lo?
Overdose de perguntas hein...

_____________________________________________
Minha opnião... mas não me leve a sério, eu não te levo...
   
Alberto Ferreira
Usuário Nivel 5

Postagens: 6642
Registro: 21/2/2003
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 62 anos
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Usuário sem Página  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 26/2/2006 22:39:00  

Salve!

Broker,
Boa parte das suas dúvidas pode ser esclarecida neste artigo do W. Odets, que foi traduzido pelo Flávio e está no site.

Outras, aqui.

Ou aqui.

Para um "amaciamento", normalmente devemos esperar uns dois ou três meses de uso.
Após este período, pelo assentamento das peças, distribuição dos lubrificantes, etc..., normalmente um movimento já deveria ter a sua precisão "estabilizada".

Um abraço,

Alberto Ferreira
   
Adriano
Usuário Nivel 5

Postagens: 9888
Registro: 13/8/2003
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 26 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino  Aniversário em 9/5
 Postado em 26/2/2006 22:57:00  

De fato, essas perguntas todas renderiam um livro.
Para entender todos os aspectos, é preciso um conhecimento profundo da parte técnica do relógio.

A precisão do relógio depende 90% da espiral do balanço. Claro que tudo precisa estar em ordem, pois quase qualquer peça pode afetar a precisão, mas mesmo se tudo estiver correto, se a espiral não estiver perfeita, a precisão será ruim.

Vale a pena lembra que precisão num relógio mecânico não é meramente o quanto ele desvia em segundos de uma fonte extremamente precisa, em outras palavras, não é meramente quantos segundos o relógio atrasa ou adianta que define a precisão. Isto é fato, embora muita gente ainda insista em não aceitar. Um relógio, para ser dito preciso, precisa apresentar regularidade e estabilidade de marcha.

É bom lembrar também que ajuste e regulagem são coisas diferentes. Ajuste, conforme exemplifica concretamente o artigo do Walt Odets chamado "Tweaking the Mark XII", que pode ser lido no Timezone, é uma série de procedimentos de ajustes especialmente referentes à espiral. Regulagem por sua vez é a mera alteração da marcha absoluta por meio do regulador. O ajuste precede a regulagem, e sem bom ajuste, qualquer tentativa de regulagem será em vão. Além disso, o ajuste é algo que muda muito pouco com o tempo, ou seja, um relógio bem ajustado, em teoria, será bem ajusta por muitos e muitos anos, quiçá por toda sua vida. Normalmente a causa de desajuste em relógios é barbeiragem de relojoeiros curiosos. Portanto, seu relógio sai com algum nível de ajuste da fábrica, e independente qual fôr, provavelmente não precisará de novo ajuste por muito tempo, ou quem sabe nunca. Uma revisão completa por exemplo não requer um reajuste. Já a regulagem sim, precisa ser feita de tempos em tempos.

A coroa nada tem a ver com regulagem tampouco com ajuste. O padrão COSC é aquele apontado no segundo link, pelo Alberto, e ao contrário do que muitos pensam, depende de vários parâmetros e não apenas a marcha diária, como muitos costumam citar simplesmente que o padrão COSC é +6 a -4. Isso está completamente errado, pois um relógio com marcha dentro disso não significa que passará nos testes.

É um assunto complicado e como disse, requer um nível avançado para poder entender com mais clareza tudo o que envolve a precisão. Isto é um resumo do resumo e espero que ajude um pouco a esclarecer as dúvidas.

Abraços!

Adriano


Once is an accident. Twice is coincidence. Three times is an enemy action.
   
Octávio Augusto
Usuário Nivel 5

Postagens: 1695
Registro: 27/2/2003
Local: São Luis - MA - Brasil
Idade: 28 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 1/3/2006 21:32:00  

Estou com um Tag Cal. 5 = ETA 2824-2.
Este foi para revisão e estava fazendo -20s dia.
Pois bem, quando chegou, com mostrador para cima, estava fazendo +3s dia, mas quando passava para o braço fazia -20s dia.
É uma variação muito grande para diferença de angulos, não acham? Seria bom voltar para o relojoeiro??
Meu Mido Diver também foi para este relojoeiro, reduzir de +15 para +4, como mostra o boletim que ele mandou. Ainda vou verificar o resultado!
Ambos foram regulados num vibrograph digital!!

Abraços,

Octávio Augusto Soares
   
Adriano
Usuário Nivel 5

Postagens: 9888
Registro: 13/8/2003
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 26 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino  Aniversário em 9/5
 Postado em 1/3/2006 22:02:00  

A marcha absoluta apontada pelos aparelhos raramente de concretiza na prática. Os hábitos do usuário e movimentos imprevisíveis alteram tudo, e a marcha na prática é quase sempre diferente. às vezes a diferença é pequena, mas outras vezes é berrante mesmo. Meu Orient Sub fazia no pulso uns +2 a +3 segundos. No Vibrograph ele fazia 0 a +1. Mas em outros casos, relógio que no vibrograph fazia +5, no meu pulso fazia -20.

Em primeiro lugar é sempre importante usar o relógio com bastante corda, sempre. E para anular essas diferenças entre o aparelho e a prática, é necessário usar o relógio normalmente por vários dias e ver o quanto variou nesse tempo todo. Tira-se a média diária, e no aparelho, não importa o quanto está dando: o relojoeiro vai lá e subtrai essa média diária.
Por isso o pior erro que se pode cometer é verificar a marcha todo santo dia, ou pior, de hora em hora, como alguns fazem. É impreciso e incorreto se basear nisso. O certo é como eu falei.
Mesmo porque é bastante óbvio que a marcha do relógio não será a mesma num dia em que você jogou tênis e noutro dia que ficou o dia todo vendo tv. Uma simples caminhada na rua já altera a marcha do relógio, de modo que se a pessoa verificar a marcha de hora em hora, essa caminhada alterará as coisas, e não refletirá a real precisão do relógio.


Exemplo prático: seu relógio no Vibrograph faz +3. Aí você leva ele pra casa, sincroniza com uma fonte precisa e usa ele normalmente por 7 dias. No fim desses 7 dias, você verifica o quanto ele variou. Por exemplo 49 segundos para mais. Isso significa que a média foi 7 segundos por dia. Ou seja, o relógio que no Vibrograph fez +3, no pulso fez +7. Desse modo, você leva no relojoeiro e diz essa média: ele vai lá e subtrai 7 segundos da marcha apontada no vibrograph (para chegar neste caso, perto do zero segundo por dia), ou seja, vai mudando o regulador até o vibrograph apontar -4 segundos: quando você colocar no pulso, ele ficará perto do zero. Ou vamos supôr que você não queira o zero, mas +2, por segurança: ele tira 5 segundos, deixando -2 no Vibrograph, assim no pulso fará +2.
Não importa se num dia ele adiantou +3 e noutro +10, o que importa é a média, pois reflete seu hábito. Pois essa diferença de marcha entre um dia e outro vai acontecer mesmo quando o relógio é usado mesmo, no pulso, sendo submetido a movimentos de todo tipo.

Para se ter uma idéia, o relógio pode ganhar vários segundos em questão de minutos, dependendo dos movimentos feitos peço braço. Exeplo: às vezes acerto as horas nos meus Seiko e depois vou balança-lo para dar corda: depois de balançar por 2 ou 3 minutos, o relógio já adiantou 20 segundos. Por isso primeiro balanço, depois acerto as horas, senão acontece esse baita desvio em questão de minutos.

Recomendo o reajuste desse TAG. É preciso paciência, às vezes é preciso umas 2 tentativas até chegar numa boa marcha.

Abraços!

Adriano




Once is an accident. Twice is coincidence. Three times is an enemy action.
   
PC
Usuário Nivel 3

Postagens: 359
Registro: 22/8/2005
Local: - SP - Brasil
Idade: 38 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 1/3/2006 22:34:00  

Bom, sem comentários....
Faço minhas as palavras do Adriano...
Primeiramente acho que voce deveria deixar como está e usar durante uma semana o relógio p/ ver na real do uso, como ele está....

Tenho muitos SEIKO 7s26 novos e é impressionante como eles vem com ajustes de fábrica nada há ver um com o outro...
Tenho um que é fantástico faz de +2s a +7s por dia (isso durante o uso!) mas tenho uns outros que são brabos viu.... mas um em especial que adianta 2 a 3 minutos por dois dias. (as vezes mais!)


   
Adriano
Usuário Nivel 5

Postagens: 9888
Registro: 13/8/2003
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 26 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino  Aniversário em 9/5
 Postado em 1/3/2006 22:59:00  

Isso é verdade. Os Seiko são dose. Meu "militar" preto e o bege vieram muito bons. Já o Monster chegou adiantando 40 segundos por dia e com problema de carregamento. Abri a tampa, dei uma atrasada na marcha e desmontei o automático: estava com uma graxa meio seca na roda de transmissão, e princípio de desgaste (EXATAMENTE como ocorreu na foto número 15 neste artigo do John Davis: http://www.thepurists.com/watch/features/8ohms/7s26/index.html ). Relubrifiquei com uma graxa bem leve, mas não melhorou muito o carregamento. O rotor ainda gira sem muita liberdade.

Os dois militares tinham o rotor meio preso quando novos, depois se "soltaram" mais e hoje rodam livremente.

Meu Atlas adianta um bocado: nunca medi com precisão, mas creio que seja mais de +20 segundos.

Abraços!

Adriano

PS: PC, mais de um minuto por dia é sinal de uma regulagem bizarra na melhor das hipóteses. Mas pode ser sinal de defeito, ou ainda de magnetização. Recomendo que leve num relojoeiro, mas antes, certifique-se que se usa ele sempre com bastante corda. Como os Seiko não possuem corda pela coroa, é comum as pessoas usarem eles com pouca corda e aí a precisão é um nojo mesmo.


Once is an accident. Twice is coincidence. Three times is an enemy action.
   
PC
Usuário Nivel 3

Postagens: 359
Registro: 22/8/2005
Local: - SP - Brasil
Idade: 38 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 1/3/2006 23:12:00  

Adriano, acho que o Link que vc mandou aí em cima mudou para:

http://www.thepurists.com/watch/features/8ohms/7s26/

Clicando naquele eu nao consegui abrir nada...

   
Adriano
Usuário Nivel 5

Postagens: 9888
Registro: 13/8/2003
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 26 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino  Aniversário em 9/5
 Postado em 2/3/2006 00:03:00  

Não, o problema foi que o "forum" considerou o ")" que coloquei como parte do link. Acgora dei um espaço entre o link e o parêntese e está tudo normal.

Abraços!

Adriano


Once is an accident. Twice is coincidence. Three times is an enemy action.
   
Octávio Augusto
Usuário Nivel 5

Postagens: 1695
Registro: 27/2/2003
Local: São Luis - MA - Brasil
Idade: 28 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 2/3/2006 18:15:00  

É... vou ver a marcha certinha para mandar ao relojoeiro.
Engraçado é que havia falado isso para ele, pois o relógio já marcava -20s, sendo que tanto fazia no pulso ou na mesa.

Abraços,

Octávio Augusto Soares
   
 

2 ] 3 ]