Autor
Tópico: Waterproof Checkers  
fa
Usuário Nivel 5

Postagens: 2794
Registro: 20/4/2005
Local: Fortaleza - CE - Brasil
Idade: 50 anos
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 23/11/2005 05:57:00  

Já tinha ouvido falar, contudo nunca tinha "visto" esses aparelhos para teste de estanquidade.
Para os que nunca viram, seguem as fotos abaixo tiradas desse site

Ficam agora as perguntas:
Esses aparelhos são confiáveis ?
São comuns aqui no Brasil ?
Abraços,





fa
   
Cardozo_II
Usuário Nivel 3

Postagens: 347
Registro: 26/10/2005
Local: Rio de Janeiro - RJ - Brasil
Idade: 34 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 23/11/2005 06:00:00  

Fa,

tenho um Technos SkyDiver que ganhei da minha mãe quando tinha 17 anos (já se passaram 16 anos comigo...) e qualquer intervenção nele levo na autorizada Technos. Lá eles tem dois aparelhos deste tipo, que ficam no fundo da oficina.

O engraçado é que nunca vi eles colocarem meu relógio lá depois de mexerem nele.

Um abraço,

Peter

   
Lobo
Usuário Nivel 5

Postagens: 3299
Registro: 19/8/2005
Local: Campinas - SP - Brasil
Idade: 45 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Usuário sem Página  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 23/11/2005 07:54:00  

Mensagem original postada por fa Já tinha ouvido falar, contudo nunca tinha "visto" esses aparelhos para teste de estanquidade.
Para os que nunca viram, seguem as fotos abaixo tiradas desse site

Ficam agora as perguntas:
Esses aparelhos são confiáveis ?
São comuns aqui no Brasil ?
Abraços,





Fa, a Fornitura de Campinas tem uns dois ou três. Não exatamente iguais, mas é isso na essência. Também se compra disso aquí no Brasil. Creio que deva custar uns 3 mil reais.
[]s,Lobo.

   
Advogado
Usuário Nivel 3

Postagens: 159
Registro: 28/7/2005
Local: Tangará da Serra - MT - Brasil
Idade: 40 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 23/11/2005 10:59:00  

Alguém sabe informar como a máquina faz o teste de estanqueidade?
Se é com água, que pode entrar no mecanismo, ou qual seria a forma de funcionamento da máquina?
Só por curiosidade horológica.

   
Advogado
Usuário Nivel 3

Postagens: 159
Registro: 28/7/2005
Local: Tangará da Serra - MT - Brasil
Idade: 40 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 23/11/2005 11:16:00  

Alguém sabe informar como a máquina faz o teste de estanqueidade?
Se é com água, que pode entrar no mecanismo, ou qual seria a forma de funcionamento da máquina?
Só por curiosidade horológica.

   
Adriano
Usuário Nivel 5

Postagens: 9890
Registro: 13/8/2003
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 27 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino  Aniversário em 9/5
 Postado em 23/11/2005 12:36:00  

Existem alguns métodos diferentes e alguns são um pouco complicados, mas tentarei explicar. Acho que o mais comum é aquele aparelhinho da Bergeon que tem uma alavanca. Ele trabalha com água, mas a máquina cria um vácuo e não uma pressão. Logo, a máquina não testa se a água entra no relógio, mas sim se o ar sai dela. Quando o vácuo é aplicado, os pontos não estanques começam a soltar bolhas. Mas é preciso bom senso para usá-lo: não se deve colocar um relógio que claramente não irá resistir nem á submersão simples. Segundo, é recomendado se testar o relógio sem o movimento, só a caixa com o fundo, vidro e coroa. Neste método, como envolve água, a água pode sim entrar no relógio, por isso é preciso bom senso do operador para ver que tal relógio não tem nem condições de ser submergido sem pressão. Mas se o cara fôr confiante, pode meter o relógio lá dentro todo montado. Mas a pressão é limitada nesse aparelho, acho que não chega a 100 metros.

Mas nos aparelhos mais modernos os testes são feitos à seco, por dois processos básicos. Um tipo é mais comum para aplicação industrial, ou seja, nas fábricas. Nesse tipo a avaliação é feita através de comparação de volumes. O aparelho basicamente mede o volume da câmara vazia. Depois mede o volume da câmara com o relógio dentro, e sem presão. Desse modo ele já calcula o volume de espaço vazio remanescente na câmara. E aí o teste se baseia nesse dado. O teste começa aplicando pressão e monitorando a variação do volume do espaço remanescente e o computador faz o cálculo da estanqueidade.
Outro tipo que também é usado na indústria, mas nas menores, e é mais indicado para assistências técnicas é o método da deformação. A câmara cria um vácuo ou pressão. A geometria externa da caixa reflete a deformação sofrida. Os sensores do aparelho medem essa deformação e determina qual são as tolerâncias para aquele relógio.
Ambos são muito confiáveis.

Há ainda outro método, que é o de condensação. Esse método é simples, mas bastante eficiente e costuma ser usado em processos de fabricação e experiências com novos produtos. O relógio é testado sob pressão debaixo d'água, e depois é aquecido à uma temperatura por volta de 45°C por 30 minutos. Uma gota de água de mais ou menos 18 a 25°C é colocada no vidro do relógio. Se no teste anterior entrou água no relógio, o lado de dentro do vidro irá apresentar condensação quando a gota de água é colocada nele.

Devem haver outros métodos, mas esse são os mais comuns.

Abraços!

Adriano


Once is an accident. Twice is coincidence. Three times is an enemy action.
   
fa
Usuário Nivel 5

Postagens: 2794
Registro: 20/4/2005
Local: Fortaleza - CE - Brasil
Idade: 50 anos
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 23/11/2005 12:44:00  

Vixe, pensei que era mais fácil, mas a coisa é complicada.
Valeu, Adriano.
Abraços,

fa
   
Alberto Ferreira
Usuário Nivel 5

Postagens: 6645
Registro: 21/2/2003
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 62 anos
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Usuário sem Página  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 23/11/2005 17:52:00  

Salve!

Acrescentando ao que o Adriano disse.

Em alguns modelos daqueles usados pelos relojoeiros, com água, existe um dispositivo que permite ao técnico abaixar e elevar o relógio, mergulhando-o ou não.

Abraços,

Alberto Ferreira