Autor
Tópico: Como funciona o sistema de iluminação dos relógios?  
jeans
Usuário Nivel 5

Postagens: 2963
Registro: 12/10/2005
Local: Brasília - DF - Brasil
Idade: 33 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  MSN Messenger  Sexo Masculino
 Postado em 28/10/2005 18:10:00  

Devo ter faltado a esta aula de química ou fotoquímica, sei lá, mas estou confuso!
Quando o relógio está na caixa e eu o tiro, ele não está com aquela luminosidade forte no escuro, mas quando coloco ele no pulso, passa algum tempo, aí o bicho tá acesso até no claro!!! (What porra is that?) hehehe
Será que é preciso bater um solzinho para que as partículas se excitem ou coisa parecida?

Aguardo respostas, pois estou com a pulga atrás da orelha e quero saber a resposta antes de sair para a night com o meu relógio iluminando o caminho, vou desligar até o farol! (rs).

P.S.: Estou usando agora um Seiko Sportura SNA451.

[]`s irmãos,
Jean.

   
Adriano
Usuário Nivel 5

Postagens: 9890
Registro: 13/8/2003
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 27 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino  Aniversário em 9/5
 Postado em 28/10/2005 22:05:00  

O material luminoso do relógio é um material fosforescente, ou seja, ele é capaz de absorver radiação e reemiti-la na forma de fótons, ou seja, luz visível, porém numa velocidade bem mais lenta que a absorção. É importante não confundir com fluorescência, é que capacidade de refletir imediatamente radiação na forma de luz visível, especialmente radiação UV.

Sendo assim, o luminoso do relógio, para emitir luz, precisa antes absorver radiação, normalmente radiação UV, proveniente da própria luz existente, seja artificial ou natural. Quando maior intensidade da radiação UV daquela luz, mais rápido o material absorve. Por exemplo, a luz de lâmpada incandescente tem pouca radiação UV, por isso "carrega" pouco o material luminoso. Já a lçuz de lâmpada fluorescente emite mais radiação, e a luz do Sol é a campeã, por isso uma breve exposição à luz do Sol é suficente para que o material luminoso brilhe por um bom tempo.

Porém há ainda alguns materiais luminosos, como o "trítio", que já possui sua própria fonte de radiação. No "trítio", não é o trítio em si que brilha, mas um material luminoso comum, porém impregnado de trítio, que emite partículas radioativas que excitam o materia fosforescente, e sendo assim, ele não precisa de exposição prévia, e brilha o tempo todo sem exposição, porém, isso só acontece enquanto o trítio estiver radioativo, e como sua meia-vida é de cerca de 12 ou 13 anos, então depois disso o trítio perde o efeito e o material luminoso passa a brilhar apenas com ilimunação prévia.

Abraços!

Adriano


Once is an accident. Twice is coincidence. Three times is an enemy action.
   
jeans
Usuário Nivel 5

Postagens: 2963
Registro: 12/10/2005
Local: Brasília - DF - Brasil
Idade: 33 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  MSN Messenger  Sexo Masculino
 Postado em 29/10/2005 07:19:00  

Obrigado Adriano!
Era o que eu suspeitava então....
[]`s Jean.

   
fa
Usuário Nivel 5

Postagens: 2794
Registro: 20/4/2005
Local: Fortaleza - CE - Brasil
Idade: 50 anos
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 30/10/2005 10:19:00  

Jean, siga esse link que tem bom material sobre mostradores e ponteiros "luminosos".
Abraços,

fa