Autor
Tópico: E o relógio mecânico mais preciso do mundo é...  
flávio
Usuário Nivel 5

Postagens: 2827
Registro: 18/2/2003
Local: - ?? - Brasil
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 28/10/2005 10:06:00  

um Omega!
Recebi o livro Chronometers há uns dois dias. Ainda não tive tempo de lê-lo, pois ele tem cerca de 80 páginas só de texto. Mas pude conferir que o relógio mecânico mais preciso (estou no trabalho, depois passo o boletim de marcha) foi o que ganhou a competição de observatório de Neuchatel, em 1966.
Algo que não sabia...Sabe qual marca participou de todas as competições desde a criação delas? Só a Omega. Na verdade, pelo que pude ver e ler no livro, tais competições eram muito restritas. Todo ano, apenas umas 10 marcas e relojoeiros competiam. É que o esforço para tunar os relógios era imenso (isso, para os independentes). Por outro lado, havia marcas que não queria queimar seus filmes com uma má-colocação nas competições. Fato é que somente as GRANDES marcas, como numa fórmula 1, se arriscavam nas competições.
E há momentos, sobretudo em virtude dos mestres reguladores que estavam em cada fábrica e do calibre usado, que havia nítido domínio de certo fabricante. Não é de se estranhar, por exemplo, que o calibre 137 da ZENITH (aquele gente, do IMENSO balanço) seja considerado um dos melhores do mundo. No ano em que ele foi lançado, 48, a Zenith entrou na competição e, pasmem, ganhou os 3 primeiros lugares com o tal calibre; em 1949, de novo os 3 primeiros lugares. Fato é que a Zenith, até meados de 50, sempre figurou entre os primeiros lugares, com o mesmo calibre. Antes que perguntem qual era o calibre da Omega que foi o mais preciso de todos os tempos, já respondo: não sei. O livro só contém seu boletim de marcha e número de série, não o calibre. Depois posto alguns fatos curiosos.
Flávio

   
igorschutz
Usuário Nivel 5

Postagens: 3171
Registro: 18/2/2003
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 25 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Usuário sem Página  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 28/10/2005 11:01:00  

Flávio, se você não sabe, eu respondo: o calibre mais preciso já registrado foi um Omega 30mm, que foi "tunado" durante 4 anos por um mestre que agora não me recordo o nome. Não só li sobre o assunto como efetivamente vi o calibre (que está a disposição de quem for ao Museu Omega, assim como seu boletim de marcha).
Depois desse ano, começaram a testar os quartzos, e aí esse Omega ficou pequeno.

Eu achei que tivesse postado essa informação após ter retornado do Museu Omega. Se não o fiz, peço desculpas aos amigos, pois tinha certeza de tê-lo feito.

Igor

   
igorschutz
Usuário Nivel 5

Postagens: 3171
Registro: 18/2/2003
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 25 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Usuário sem Página  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 28/10/2005 11:10:00  

Ah, tem também o Omega 30mm que bateu o recorde do Observatório de Kew-Teddington em 1936, da onde se originou os Omega "Estrela Vermelha".
Não me recordo bem, mas não acho que seria exagero dizer que esse de Kew era mais preciso que o de Neuchâtel, pois o observatório inglês era MUITO mais rígido.

Igor

   
Wadley
Usuário Nivel 4

Postagens: 680
Registro: 24/2/2003
Local: Belo Horizonte - MG -
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 28/10/2005 11:42:00  

Eis a razão do Swatch Group investir cada vez mais na Omega ( Excelente passado e grande tradição ).

Wadley Deotti
   
flávio
Usuário Nivel 5

Postagens: 2827
Registro: 18/2/2003
Local: - ?? - Brasil
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 28/10/2005 12:49:00  

Chegando em casa, posto o que há no livro sobre o Omega. Fato é que as competições, como deixou transparecer o Igor, eram muito mais entre os relojoeiros. Tanto é que nos resultados vinha escrito: relógio tal, calibre assado, REGULADO POR FULANO DE TAL. E os caras ganhavam prestígio (assim como a marca). Esses caras eram tão fodas que não é de se estranhar existirem livros só sobre a vida dos caras.
Flávio

   
igorschutz
Usuário Nivel 5

Postagens: 3171
Registro: 18/2/2003
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 25 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Usuário sem Página  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 28/10/2005 13:01:00  

Foi o que eu disse num tópico recente, onde um colega perguntou como poderia ajustar seus relógios em casa e eu falei que não era nada simples.
Os mestres reguladores eram fodões da relojoaria e muitas vezes contratados como "reforços" pelas manufaturas, algo na linha dos jogadores de futebol de hoje em dia. Ser mestre regulador era o último degrau da relojoaria.

Igor

   
RÔMULO FÓZ
Usuário Nivel 5

Postagens: 1391
Registro: 3/6/2005
Local: Berna - SP - Brasil
Idade: 26 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  MSN Messenger  Sexo Masculino
 Postado em 28/10/2005 15:40:00  

Flávio, eu procurei na net e não achei nada.... fui no "zenith 137",
qual o cálibre do bixo?
abraço
romulofoz

   
solano
Usuário Nivel 5

Postagens: 4325
Registro: 9/12/2004
Local: Rio - RJ - Brasil
Idade: 19 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 28/10/2005 15:44:00  

Caros Igor e Flávio

Uma correção: Fodões, naquela época era PHODÕES! com Ph de Pharmácia!

Abs.

   
wilson
Usuário Nivel 5

Postagens: 1751
Registro: 7/4/2004
Local: Abaeté - MG - Brasil
Idade: 36 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 28/10/2005 20:30:00  

Igor , nao entendi,
pelo que eu sei, o 30mm teve sua produçao iniciada em 1939, mas agora vc diz que
bateu o recorde do Observatório de Kew-Teddington em 1936 ?!?

O mecanismo que foi fabricado de 1935 a 1949 foi o 23.4mm, depois dessa data é denominado
cal. 220, Cal.230



quanto ao mecanismo 30mm,

De 1939 a 1949 foi denominado de 30T2, depois disso (1949) foi denominado 260,
no total foram fabricados 3.000.000 , do 260 até o 268, de 1939 até 1963

diametro = 30mm
reserva de marcha = 42 hrs
Bph = 18000
espiral Breguet

Omega 265


esse daqui esta a venda no ebay :
http://cgi.ebay.com/OMEGA-CAL-265-LEATHER-OMEGA-BUCKLE-OMEGA-ORIGINAL_W0QQitemZ5048031790QQcategoryZ31387QQssPageNameZWDVWQQrdZ1QQcmdZViewItem



ah, de 1926 a 1951 teve tambem o 26.5mm


leiam o interessante relato (artigo) do mestre Gravina, no site do nosso amigo Paulo (Tempusvivendi)

http://www.tempusvivendi.com.br/script-bin/a_artigos.asp?artigo=1



abraços,


wilson

"Sucesso é conseguir o que você quer, felicidade é gostar do que você
conseguiu." (Fausto Gomes)

   
flávio
Usuário Nivel 5

Postagens: 2827
Registro: 18/2/2003
Local: - ?? - Brasil
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 29/10/2005 07:14:00  

Ops, confiei demais na minha memória!
O Zenith é o calibre 135, não 137! Vejam review do cara que tem a coleção mais animal da net, o Steve G.

http://www.ninanet.net/watches/others06/Mediums/mzenith.html

O interessante nesse calibre é que a roda de minutos, irão notar, é desviada um pouco para a direita, permintindo a colocação de um balanço ENORME no relógio, quase com a metade da largura do movimento. Maior tamanho, maior estabilidade.

Fatos sobre as competições, agora que estou com os livros.
Na verdade, o relógio que o Igor se referiu, e todos que tiverem um catálogo da Omega poderão confirmar, é um calibre testado em 1936, que estou com preguiça de olhar qual é, mas que com certeza é de bolso. Vejam nos seus catálogos, onde ele está dentro de uma caixa metálica, com um certificado A de Kew, com marcha média variando de - 0,4 a - 0,9 segundos. Há referência a um 30mm da Omega, como o mais preciso ATÉ ENTÃO, testado em 46 em Kew, de pulso. Mas não o seu boletim de marcha. De qualquer modo, os testes, como pude perceber no meu livro, foram feitos até 46 em Kew porque só a partir de 41 foi criada a competição nos obsevatórios de Neuchatel e Genebra, para onde todas as marcas migraram.
Então, o calibre citado pelo Igor foi o top da época KEW, pois o top dos tops realmente foi um Omega testado em Neuchatel em 66. Mais sobre isso adiante.
Todas as marcas migraram, também, vírgula...
Segundo os livros, apenas essas marcas vieram a participar algum dia de competição de observatório:
Patek, Omega, Rolex, Zenith, Longines, Movado, Vacheron, Favre Leuba, Ulysse Nardin, Cyma e Ernest Borel. Só! São raríssimos os relógios efetivamente testados em observatório. O livro cita, por exemplo, que apenas 4 pateks sobreviveram. Dois deles estào no museu da marca e outros dois foram vendidos no Antiquorum por 550 mil francos.
Vamos aos fatos. Os testes eram feitos em 44 dias e, só para o relógio poder entrar na competição, ele tinha que apresentar uma marcha diária média de no máximo 0,75 segundos. Ou seja, não era algo fácil. Tanto é que o número de relógios retirados pelas marcas no meio da competição, que não estavam apresentando a marcha mínima adequada, era enorme, para que não queimassem o filme.
Resultado do Omega vencedor, top dos tops.

Omega número de série 13648883, regulado por Joseph Ory
Algo interessante aqui. O número de série do relógio data um modelo da década de 50. Não sei qual é. Fato é que a fábrica não precisava, necessariamente, remeter um relógio de série, e daquele ano, para as competições. Há históricos nas competições de relógios usados por 10 anos seguidos, melhorados a cada ano.

Variação média diária durante os 44 dias: 0,04 segundos (sério! Para terem uma noção, o ganhador de 43, um Zenith, tinha apresentado 0,36 segundos)

Erro primário de temperatura. Diferença de marcha entre duas temperaturas. Teste feito a +4 graus e + 36: 0,001 (não, não há zeros a mais aí)

Marcha diária média entre as duas posições horizontais. Diferença entre as médias no dial up e dial down: 0,14 segundos

Média entre as posições horizontais e verticais (diferença) 0,35 segundos.

É mole?

Flávio