Autor
Tópico: Por quais motivos prefere RELÓGIOS MECÂNICOS ao invés de um Quartz?  
Jefferson GO
Usuário Nivel 3

Postagens: 301
Registro: 9/11/2004
Local: São Paulo - SP - Brasil
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Usuário sem Página  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 10/1/2005 13:58:00  

Fraternas Saudações.

Relógios elétrico-eletrônicos e mecânicos têm seus prós e contras.
Em um mundo onde o Quartz predomina, somos fiéis aos mecânicos.
Surge, então, a questão: Por quê?

Que tal relacionar os motivos que nos faz preferir os mecânicos?

Cada qual tem os seus motivos. Muitos semelhantes, acredito. Várias estórias..
Será interessante comentarmos sobre a capacidade dos relógios à corda em cativar cada um de nós, deixando registrado aqui no Fórum.

X


   
igorschutz
Usuário Nivel 5

Postagens: 3171
Registro: 18/2/2003
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 25 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Usuário sem Página  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 10/1/2005 14:06:00  

O tópico nem começou e já vou desvirtuá-lo um pouco:
Max, note como este calibre Extra da PP é uma mistura de Gondolo com Cronometre Royal.

Igor

   
flávio
Usuário Nivel 5

Postagens: 2832
Registro: 18/2/2003
Local: - ?? - Brasil
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 10/1/2005 15:25:00  

Bem, quanto a mim, acho que a própria criação do site já indica as respostas. Na verdade, antes de me mudar para Brasília, não usava relógios normalmente, apenas na balada. BH é como Sampa, muito perigosa. Já estou aqui, por exemplo, há 15 dias e até hoje não usei meu Speedmaster mais do que 2 vezes. A cidade, assim como o Rio e Sampa, deixam-me tenso.
Flávio

   
Adriano
Usuário Nivel 5

Postagens: 9893
Registro: 13/8/2003
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 27 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino  Aniversário em 9/5
 Postado em 10/1/2005 15:32:00  

Não tenho muito o que explicar sobre isso. Percebi que comecei a gostar dos mecânicos por dois motivos diferentes: um motivo foi o interesse e curiosidade nessas pequenas máquinas. Outro motivo foi a vontade de contrariar. Às vezes não gosto de ser "mais um", então acabo me interessante por essas coisas que ninguém se interessa. Não sou excêntrico. Apenas não me atraio pelo gosto coletivo, pelo modismo. Não gosto do convencional. Não me sintiria bem sendo mais um jovem usando relógios Nike e Oakley. Me sinto o único cara de 24 anos que gosta (e só usa) relógios mecânicos, e que prefere carros antigos aos novos, essas coisas. Tenho um certo gosto pelas coisas "vintage", coisas mais antigas que eu. Não sei explicar.

Soma-se a tudo isso meu constante interesse em estudar e aprender coisas novas. Além do fato de que sempre fui vidrado em relógios, mesmo antes de conhecer os mecânicos. Pra mim não havia presente melhor que um relógios novo. E o mesmo ainda vale.


Na minha opinião, enumerar prós e contras nem vale a pena. Costumo ser um cara prático, e não vejo motivos para alguém usar um relógio mecânico ao invés de um quartz. O quartz é muito mais preciso, reúne muito mais funções, é muito mais robusto, muito mais fácil de ler as horas quando é digital, etc.
Como já repeti várias vezes aqui, o dia que eu realmente PRECISAR de um relógio, usarei um quartz, usarei meu G-Shock, que pra mim é quase um relógio perfeito: indestrutível, prova d'água, digital, alarme, cronógrafo, cronógrafo regressivo e segunda hora. Do ponto de vista prático, não há nada melhor que isso.

Mas ainda assim, sinto remorso dos meus quartz, pois estão encostados há mais de um ano. Há mais de um ano não uso nenhum deles, pois ainda assim, o fato de toda hora ter que ajustar as horas, dar corda, e etc, nos meus mecânicos, me dá um enorme prazer. Sou um cara extremamente prático, mas só uma coisa me faz deixar de lado a praticidade: o prazer. É o caso dos relógios mecânicos. É uma paixão.

Abraços!

Adriano


Once is an accident. Twice is coincidence. Three times is an enemy action.
   
Fábio Leite
Usuário Nivel 4

Postagens: 889
Registro: 24/2/2003
Local: Fortaleza - CE - Brasil
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 10/1/2005 17:29:00  


Na verdade gosto dos dois, agora tenho uma paixão maior pelos automáticos, pois transmitem uma sensação de simbiose com o dono, dou energia a eles e como retorno tenho as "horas".
Não querendo ser chato e pregar nada: "Atire a primeira pedra" quem nunca usou um relógio quartz... Alguém se candidata !?

abraços,


Fábio Leite
   
Alberto Ferreira
Usuário Nivel 5

Postagens: 6678
Registro: 21/2/2003
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 62 anos
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Usuário sem Página  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 10/1/2005 18:32:00  

Essa é fácil!

Porque eu sou engenheiro mecânico!

Mas, por que eu sou um engenheiro mecânico?
Porque eu gosto de mecânica!

E por que será que eu gosto de mecânica?
Bem...
Eu não sei!

Por outro lado, eu também não radicalizo "contra" os quartz!

Em abraço a todos,

Alberto Ferreira
   
sat
Usuário Nivel 5

Postagens: 1368
Registro: 21/5/2004
Local: campo grande - MS - Brasil
Idade: 37 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 10/1/2005 18:42:00  

Eu, porque os mecânicos me inspiram durabilidade, ao passo que os quartz me parecem descartáveis, apesar de eu possuir um Casio Oceanus, funcionando perfeitamente há dez anos.
Especialmente os mais antigos, tanto é que não descansei enquanto não consegui um vintage para mim: meu omega martelo.
Abraços,

SANDRO.

   
Enéias
Usuário Nivel 5

Postagens: 3862
Registro: 22/2/2003
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 44 anos
Dados do Usuário  E-mail para o usuário  Página do Usuário  Mensagem Privada  MSN Messenger  Sexo Masculino
 Postado em 10/1/2005 19:01:00  

No meu caso é pela magia, posto que ao contrário do que haveria de ser, não uso relógios pela precisão que deveriam apresentar. É algo parecido com a leitura: prazer!

Abraços!
Enéias


Pensamento: "não é dos fortes a vitória, nem dos correm melhor, mas dos sinceros e justos, dos que cultivam o amor."
   
Jefferson GO
Usuário Nivel 3

Postagens: 301
Registro: 9/11/2004
Local: São Paulo - SP - Brasil
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Usuário sem Página  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 10/1/2005 19:19:00  

Fraternas Saudações.

Não sou contra os relógios a quartzo, embora eu evite muito o seu uso, particularmente. Apesar disso, não estranho o fato de estar 'rodeado' de relógios Quartz neste planeta.

Eu até procuro ter base no horário de um relógio a Quartz para ajustar o horário dos relógios mecânicos, devido à precisão e também pela posição exata do ponteiro de segundos, que ajuda a indicar o momento certo de colocar o 'trem' para 'marchar'.

Aliás, é a única vantagem que vejo no movimento intermitente do ponteiro de segundos do relógio eletrônico, pois prefiro a beleza do movimento contínuo de um à corda. Tanto é que, se eu pudesse escolher entre ter ou não ponteiro de segundos na maioria dos relógios a quartzo que tenho, escolheria a segunda opção.


   
plfh
Usuário Nivel 5

Postagens: 1543
Registro: 18/6/2004
Local: Curitiba - PR - Brasil
Idade: 45 anos
Dados do Usuário  E-mail do Usuário não disponível  Página do Usuário  Mensagem Privada  Sexo Masculino
 Postado em 10/1/2005 20:40:00  

Não sei como é Gôndolo , mas esse aí parece um bocado o meu ..quando é PP "Extra" não vem calibre então ? Só serial ? Tem como saber o ano desse aí ? Não conheço site onde ver o ano de fabricação de Pateks , só de Omega, Rolex, Waltham..O meu Vacheron é de + - 1930 , será que andaram copiando ou compartilhando mesmo alguma coisa da PP..

Abs,
Max

Mensagem original postada por igorschutz O tópico nem começou e já vou desvirtuá-lo um pouco:
Max, note como este calibre Extra da PP é uma mistura de Gondolo com Cronometre Royal.

Igor


   
 

2 ] 3 ] 4 ] 5 ] 6 ] 7 ] 8 ] 9 ] 10 ] 11 ] 12 ] 13 ] 14 ] 15 ]